O que é Bitcoin? O guia NÃO completo sobre as Criptomoedas, Blockchain e Mineração

Tempo de leitura: 20 minutos

Odeio não saber sobre um assunto, e por isto dediquei dois meses para aprender o que é Bitcoin e o mercado das criptomoedas. Este conteúdo foi feito para ajudar você através de um guia, não completo!

Vamos começar pela básico e aos poucos vamos entrando em pontos mais técnicos, sem ficar chato.

Não vou te dizer COMPRE BITCOINS aqui, nem compartilhar links que geram comissões. O objetivo aqui é gerar um debate saudável e rico em fonte de informações. Provavelmente discordaremos em alguns pontos, por isto, não entenda minha opinião como sendo a melhor, entenda sobre o assunto e tire suas própria conclusões, elas serão as melhores para você.

25 Livros que todo Empreendedor deveria ler.

Informe seu e-mail abaixo para receber a lista dos livros que todo Empreendedor deveria ler.

Agora vamos parar de blá blá blá e vamos ao conteúdo!

o que é bitcoin, blockchain e mineração de criptomoedas

O que é o Bitcoin?

É um mercado digital no modelo Peer to Peer (P2P) onde as transações são descentralizadas e criptografadas.

Em português do povo, o Bitcoin é um ecossistema online onde é possível realizar a troca de uma moeda digital entre duas pessoas, sem intermédio de uma empresa ou serviço centralizador. O Bitcoin, pode ser a “moeda” dessa transação, veremos mais para frente que existem outras “moedas”.

Por que “moeda” está em aspas?

Porque na prática o Bitcoin não é uma moeda. Moedas como o Real e o Dólar, representam um título ao portador, ou seja, ela representa algum valor depositado. Na teoria, você poderia levar uma nota ao Banco Central e “sacar” o ouro que ela vale. Bem, mas ninguém quer fazer isto…

Como não é possível levar o seu Bitcoin e resgatar o lastro dele, ele não representa uma moeda. O que nos leva as curiosidades sobre a “moeda”.

Confira: Pirâmide de Maslow e a Teoria Motivacional capaz de impulsionar as suas vendas!

Se tiver alguns minutos extras veja esse TEDx.

25 Livros que todo Empreendedor deveria ler.

Informe seu e-mail abaixo para receber a lista dos livros que todo Empreendedor deveria ler.

Curiosidades sobre o Bitcoin

A criptomoeda tem algumas características que tiram o sono de muitos banqueiros e governos, em particular, porque ela não é manipulável. Ou seja:

  • Não é possível inflacionar o mercado emitindo mais Bitcoins;
  • Não existe influência ou manipulação governamental ou tributária;
  • Não possui lastros ou garantias;
  • Simula escassez no mundo online.

E foi por isso que o Bitcoin, como primeira moeda descentralizada, deu origem a um novo mercado, que hoje já conta com várias moedas.

Confira: Review Documentário Crocodilo do Rio Yangtze Completo

gráfico e cotação bitcoin

Por que o Bitcoin valoriza tanto?

Você deve ter notado que eu escrevi acima “simula escassez”. Uma breve aula sobre economia:

Preço é o equilíbrio entre oferta e demanda. Quanto mais se oferta um produto, menor será seu preço. Assim como o contrário também é verdade, e, produtos com pouca oferta tendem a ter preços elevados.

A simulação de escassez faz com que não seja mais emitido novos Bitcoins, deixando limitado o número ofertado ao mercado.

Confira: Review Por dentro do Alibaba – O que você precisa saber antes de ler…

Quem inventou o Bitcoin?

Não se sabe na verdade quem foi o criador do Bitcoin. O projeto foi postado pela primeira vez em um fórum sobre criptografia por um pseudônimo Satoshi Nakamoto.

De lá para cá já existiram diversas matérias levantando hipóteses sobre várias pessoas, inclusives pessoas que chegaram a receber transações em Bitcoins do suposto Satoshi Nakamoto.

Este assunto renderia várias publicações, existem várias teorias sobre ele, que na verdade nem sabemos se é homem ou mulher, ou se foi mesmo uma única pessoa.

O que se entende é que no começo “ele” foi responsável por minerar as primeiras transações e conseguiu acumular 1 milhão de Bitcoins, o que hoje seria mais de 10 bilhões de dólares.

Tá bom, né?

Confira: 11 dicas rápidas sobre Growth Hacking para Duplicar suas vendas rapidamente

Referência: Wikipedia

quanto vale um bitcoin

Quanto vale um Bitcoin?

O Mercado Bitcoin e das criptomoedas funciona 24 horas todos os dias. As negociações acontecem a todo segundo e o preço das criptos variam rapidamente. Seria impossível eu deixar este post atualizado, mas eu posso te dar uma noção.

O Bitcoin acabou de alcançar mais uma cotação máxima, no preço de quase U$$20.000,00. A valorização foi de mais de 2.000% só em 2017!

valorização histórica do Bitcoin

Achou bom? Imagina só quem investiu em 2010, que pode comprar os primeiros Bitcoins por U$$0,003. Um único dólar seria suficiente para te deixar rico!

valorização do bitcoin em 2017

 

Não adianta chorar o leite derramado, mas… dá para terminar de ler o post e entender o que você vai fazer com Bitcoins de hoje em diante.

Referência: Wikipedia 

o que é blockchain

O que é Blockchain?

Até agora você deve ter recebido uma carga de informação que só gerou mais dúvidas, correto?

  • Afinal, onde fica o servidor dos Bitcoins?!
  • Por que o dono não emite mais Bitcoins?!
  • Onde fica meus Bitcoins?!

Calma que tudo isto, e muito mais, terá a sua devida resposta.

Agora você precisa entender o que é o Blockchain, a invenção tão importante e grandiosa quanto a internet.

Imagine a seguinte situação:

Eu quero te transferir R$100, mas você está em um banco diferente. Através do aplicativo do meu banco (A) eu informo os dados do seu banco (B) e conta concorrente. Você receberá o dinheiro em no máximo um dia útil.

Mas como funciona por trás dos panos?

Na prática, o banco A mando uma mensagem para o banco B, que ao fazer a operação retorna uma nova mensagem para o banco A. As informações ficam salvas no Banco A e B.

A diferença do Blockchain é que a operação não fica salva apenas nos bancos A e B. Conforme a informação vai passando pela rede, ela deixa uma cópia criptografada do operação. Assim, vários computadores armazenam a informação.

Até aqui você não viu vantagem nenhuma, né?

Agora vamos ver em caso de um problema no banco B. Você fez a transferência, foi debitada da sua conta, e o banco B retornou uma mensagem aprovando a operação sem realmente depositar o dinheiro na conta. O banco A que não consegue ver o que está acontecendo no banco B não sabe desse problema, e não devolverá o seu dinheiro.

como o blockchain funciona

O Blockchain faz com que o Bitcoin seja seguro através de um modelo P2P, onde vários computadores na rede armazenam várias operações, e, em caso de fraude, qualquer uma das máquinas pode reprovar a operação por ela não estar nos conformes. Depois de registrado na Blockchain nenhum dado pode ser alterado.

Confira: Pirâmide de Maslow e a Teoria Motivacional capaz de impulsionar as suas vendas!

NÃO ENTENDEU?! VÊ O COMEÇO DESSE VÍDEO…

A bolsa de Tokyo usa o Blockchain para registrar as operações de todas as milhões de negociações que acontecem todos os dias. O tempo que leva para o registro é de 2 horas. No Brasil a bolsa demora 3 dias para registrar e finalizar a operação, mesmo trabalhando com um número de negociações bem menor que a bolsa de Tokyo.

Durante esse tempo o dinheiro fica parado, sem movimentar ou rentabilizar. Já pensou em bilhões parados o tempo todo?

O Blockchain vai muito além do mercado Bitcoin, ele é uma revolução no armazenamento e segurança de dados. Vamos ver mais algumas aplicações até o final do post.

Confira: O que é Hackathon? Maratona Hacker Capaz de Criar Startups em Poucas Horas!

Blockchain na prática bitcoin

Referências: Medium, YouTube, YouTube

Bitcoin é confiável?

Para responder esta pergunta temos que fragmentá-la em parte. O Blockchain, tecnologia utilizada pelo Bitcoin e outras criptomoedas, é sim confiável, além de ser uma das grandes invenções desde a internet.

O legado do Blockchain, e tecnologias similares, é de extremo valor para vários mercados, inclusive o financeiro. Os bancos já começaram a adotar esta tecnologia para melhorar a maneira como os dados são guardados e validados, como vimos acima no exemplo da bolsa de Tokyo.

Se o Bitcoin é confiável, aí a questão é outra.

Fazendo uma breve análise do período em que estou escrevendo este post – leva vários dias para ser feito – o Bitcoin apresenta muita instabilidade de preço, atingiu sua máxima histórica e já caiu fortemente. Além de quase 50% dos Bitcoins disponíveis estarem na mão de menos de 1.000 investidores.

Sem sombra de dúvidas é uma “moeda” muito revolucionária.

Em alguns anos as pessoas estarão pensando “por que eu não comprei Bitcoins naquela época?” ou “por que acreditamos que Bitcoins iriam dar certo?”.

As bolhas que já existiram foram anunciadas por analistas, mas a população sempre fez vista grossa por estar tomado pelo calor do momento.

Bem, vamos dar uma analisada nos perigos do Bitcoin.

Confira: Qual o Significado de Procrastinar (e perigos) segundo uma Bruxa!

perigos de investir em bitcoins

Perigos do Mercado Bitcoin!

Tudo envolve risco, até a sua poupança.

Quanto maior o retorno esperado, maior será o risco que você correrá. Imagina a coragem de quem investiu muito dinheiro quando o Bitcoins estava U$$0,003, ninguém falou nada sobre o futuro do Bitcoin durante anos!

Separei alguns perigos que o Bitcoin apresenta, confira.

  • Bolha de preço:O primeiro é a bolha que pode se estar formando em torno do Bitcoin. Uma bolha não desmerece a moeda, só torna o preço dela especulativo, ou seja, o valor está bem acima do que vale.
  • Volatilidade: A oscilação rápida e constante do preço impede que muitos sistemas e empresas aceitem a “moeda”. Quando uma empresa aceita um Bitcoin, ou outra criptomoeda, é preciso converter em dinheiro imediatamente. A empresa precisa assegurar que vendeu o produto pelo valor em sua moeda corretamente.
  • Alta complexidade: Todo mundo tem dúvidas de como realmente funciona. Eu mesmo estou a dias pesquisando sobre o assunto e mesmo assim tenho VÁRIAS dúvidas de como funciona na prática.
  • Roubo e Hackers: Existem muitos roubos e ataques Hackers sobre as corretoras de criptomoedas. Se alguém tem acesso as tuas informações, esta pessoa poderá transferir os Bitcoins para outra carteira, sem deixar muitos rastros.
  • Quebra da criptografia: Com a quebra da criptografia do Bitcoin, seria possível facilmente minerar moedas ou gerar novos códigos. Isto causaria um aumento da oferta de moedas, gerando a desvalorização dos ativos.
  • Serviço/Produto substituto: Assim como o Bitcoin veio para confrontar os bancos e o sistema financeiro tradicional, poderemos encontrar novas soluções que deixarão o Bitcoin obsoleto.
  • Quebra do Blockchain: A rede de computadores que compõem a Blockchain poderiam sofrer um ataque para tentativas de roubos ou mudança de dados registrados. Para isto acontecer seria preciso hackear todos os computadores ligados à rede ao mesmo tempo. Assim eles não negariam o novo registro. Ou seja, quase impossível.
  • Falta de empresas de fiscalização e boas práticas: Como não existem empresas e entidades fiscalizando ou mediando o Bitcoin, a criptomoeda fica sem acreditação por várias empresas e governos. O fato de não existir uma entidade que possa gerir crises ou gerar acordos causa muita insegurança para os grandes players.

Confira: O que é um e-commerce? Do conceito ao futuro do consumo mundial

Como ganhar Bitcoins?

Se você acha que existe uma maneira rápida é fácil para ganhar vários Bitcoins e ficar rico, você está totalmente fora da realidade. Se provavelmente alguém está te oferecendo isto é porque se trata de um golpe, então tome muito cuidado!

Ganhar Bitcoins não é uma tarefa fácil, para isto você precisará minerar Bitcoins ou investir na “moeda”.

Confira: Como montar um e-commerce? Guia das Melhores Plataformas para você vender online!

como minerar bitcoins

Minerar Bitcoin

O termo minerar Bitcoins é utilizado para nomear aqueles que utilizam hardwares para registrar as transações, quebrar os blocos e registrar na Blockchain.

O processo de mineração é a maneira como a Blockchain remunera os participantes. Toda transação deixa uma comissão e a cada bloco gerado são gerados novos Bitcoins através do Block Reward.

Sim, Bitcoins continuam sendo gerados.

A rede disponibilizará 21 milhões de Bitcoins até o ano de 2140. Uma curiosidade sobre a disponibilidade é que, até 2032 99% dos Bitcoins já serão minerados, uma vez que o tamanho da recompensa diminui. Menos de um milhão de novos Bitcoins serão gerados entre 2032 e 2140.

Confira o gráfico da relação dificuldade/emissão.

Confira: 4 Ps do Marketing Mix: Entenda o método mais fácil (e rápido) para montar o seu

como minerar bitcoins

Referências: Site, Investopedia e Plot.ly

Atenção!

Se o Bitcoin realmente se tornar o que ele pretende ser e, consequentemente, começar a ter utilização no dia a dia, o valor da moeda crescerá até 2140. A oferta por moeda será cada vez menor e a demanda, por outro lado, será explosiva. Se você realmente acredita que o Bitcoins será A MOEDA do futuro, compre independente do preço de hoje.

Confira: O Que É Missão, Visão E Valores De Uma Empresa E Como Criar Para A Sua!

Tipos de mineração de Bitcoin

No início da criptomoeda muitas pessoas mineraram bitcoins através de seus notebooks e desktops. Hoje a competitividade está maior, e, o gasto energético deste tipo de mineração não é mais positivo (você gasta mais dinheiro do que ganha).

Veja algumas maneiras de minerar criptomoedas:

  • Hardware: máquinas feitas para a mineração de Bitcoins e criptomoedas. A empresa mais famosa é a Bitmain.
  • Placa de vídeo: o tipo de processamento de placas de vídeos são ideais para a mineração de algumas criptomoedas, e, por isto, estão com alta procura no mercado.
  • Script em site: é possível colocar um script em seu site e fazer com que as pessoas que entram nele minerem por você. Confira o esse post sobre o Pirate Bay que utilizou o Coinhive.
  • Wifi: Alguns roteadores permitem fazer com que celulares conectados a uma rede minerem criptomoedas enquanto estão conectados.

Se você conhece outro método de mineração deixa nos comentários ao final do post, vou atualizar com a informação. Eu eu os próximos leitores vamos aprender com você.

Confira o mini documentário da Vice mostrando uma mina de Bitcoin.

Confira: O que é ser um Líder de sucesso, segundo o Best Seller o Monge e o Executivo.

Como investir em Bitcoins?

Assim como você pode comprar e vender commodities e ações na bolsa, é possível fazer o mesmo com as criptomoedas. Existem corretoras que intermediam as transações de compra e venda de Bitcoins e outras criptos.

Como já falei anteriormente, o Bitcoin leva alguns minutos para terminar a transação e gera um custo. Quantidades pequenas negociadas são muito prejudicadas pelas despesas.

Existem várias corretoras sérias, no Brasil e no mundo, que fazem este tipo de negociação. Mas também existem vários golpes por aí.

Antes de fazer qualquer negociação em corretoras, pesquise sobre sua procedência.

Não vou recomendar nenhuma em específico porque nunca movimentei muito dinheiro em Bitcoins, apenas quantidades pequenas com fim de conhecimento.

Você pode investir em milhares de outras moedas, não se limite a estudar apenas o Bitcoin. O futuro pode favorecer outras moedas que ainda não são tão populares. Veremos algumas mais a frente.

Sempre guarde suas moedas fora da corretora, em uma Wallet.

Confira: O Que Significa Startup? Definição e 4 Erros que Você não pode cometer!

Wallet carteira Bitcoin

Wallet – Carteira Bitcoin

Uma Wallet é um endereço onde suas criptomoedas estão armazenadas. Na Wallet estarão todas as informações sobre as suas moedas, incluindo os dados necessários para transferi-las.

A Wallet pode ser digital ou física. Um site, App, Pendrive ou até mesmo um papel impresso.

O que importa são os dados das moedas, eles são os valores reais.

Na bolsa de valores você tem uma empresa especializada na custódia das suas ações e investimentos, no Brasil temos a CBLC. No Bitcoin e criptomoedas você é o responsável por guardar o seu “dinheiro”.

Se você perde o acesso a sua Wallet ou os dados da suas criptomoedas, você literalmente perdeu tudo.

Muito cuidado com estas informações e com quem você compartilha.

Confira: O que é uma Startup? 6 motivos para sua empresa ser uma

Referência: Investopedia

criptomoedas e bitcoin

Criptomoedas existentes

No mercado existem várias outras opções criptomoedas, além do Bitcoin. Cada moeda trabalha sua tecnologia de maneira diferente. Boa parte delas aprendem com os erros das demais e utilizam as correções como vantagem na corrida.

Não é possível analisar todas as opções de moedas, temos mais de 10.000 em circulação, e, por isto, vamos falar apenas das que estão em destaque.

  • Bitcoin: é a queridinha do público, todo mundo está ouvindo falar sobre a moeda digital do momento. Já conhecemos a sua origem e sua tecnologia.
  • Ethereum: começou em 2014 para prover além de uma moeda, um sistema de apoio aos desenvolvedores. A Microsoft e outras grandes empresas utilizam o Blockchain da Ethereum pela sua velocidade de registro das transações.
  • IOTA: Utiliza o P2P de maneira diferente, sem os blocos e sem amarração ao anterior. Na IOTA não existe custo de transação e seu foco é o mercado de IOT. Confira a Definição de Internet das Coisas.
  • Ripple: a moeda aposta na centralização dos dados através de uma comunicação conjunta de vários sistemas financeiros. A transação na rede demora até 2 segundos para ser concluída.
  • Litecoin: Criada em 2011 para ser a versão mais leve e veloz do Bitcoin. A moeda também oferece mais oferta para mineração, o que pode atrair mais usuários para a rede P2P (81 milhões de Litecoins e 21 milhão de Bitcoins).
  • Dash: A sacada do Dash é ter as transações 100% anônimas. O Bitcoin é quase 100% anônimo, mas ele deixar registrado na rede pública as transações, mostrando apenas os dados de Wallet e valores das transferências, sem mostrar nomes. Uma vez que se descobre o número da Wallet de alguém, será possível ver as transações que ele fez ou recebeu.
  • Monero: Criado em 2013 inicialmente como Cryptonote. Assim como o Dash, suas transações não ficam públicas na Blockchain. Seu time é composta por 7 desenvolvedores mais uma comunidade aberta.

Confira: Como Montar Uma Startup em 7 Passos estupidamente fáceis!

Referência: CoinMarketCap e Investopedia

O Futuro do Bitcoin

Adoro usar o exemplo da IBM. Na corrida dos computadores ela era a empresa mais cotada para ser a líder de mercado. Além dela foram fundadas centenas de empresas que queriam chegar lá também.

Hoje a IBM não fabrica computadores pessoais e boa parte destas empresas já quebraram. Moral da história, nem sempre o primeiro será o melhor.

O Bitcoin ainda tem um futuro incerto, na minha opinião, mas a tecnologia deixa um legado. Assim como a IBM, a criptomoeda pode acabar sendo superada por uma concorrente ou tecnologia substituta.

O custo da energia e capacidade de processamento de dados também pode influenciar no destino do Bitcoin. Não sabemos quando teremos computadores potente suficiente para quebrar a rede.

Mas, partindo do princípio que o Bitcoin se torne a próxima moeda internacional, o valor da moeda tende a crescer – e MUITO – até o ano de 2140. Além disso, não vamos mais monitorar a oscilação do Bitcoin frente ao real ou dólar, mas o contrário será feito. O Bitcoin será o novo ouro.

Mas se as moedas já existentes, com lastro em ouro, tiverem uma versão digital/cripto? Ou então o surgimento de uma nova moeda internacional, descentralizada e compartilhada em vários países. Teríamos uma rede mundial de governos, pessoas e empresas dando suporte ao ativo.

Voltando para o legado do Blockchain. Nos próximos anos vamos ver estruturas tradicionais serem fortemente impactadas pela tecnologia. Os cartorios e sistemas eleitorais serão um dos primeiros serviços a sentir a mudança.

Imagina poder validar e autenticar documentos através de uma rede segura e interligada. Ou então, o sistema de votos ser transparente, e em formato P2P, onde não seria possível fraudar uma única urna se quer.

Confira: 15 Melhores Exemplos de Startups de Sucesso do Brasil e do Mundo!

como investir comprar bitcoins

E por que os bilionários estão comprando Bitcoins e outras moedas?

Como bons gestores, eles precisam diversificar o capital e proteger o patrimônio. Investir alguns milhões pode dar esta segurança e não afetará a carteira de investimento deles.

Confira o vídeo que encontrei com algumas entrevistas.

E você? O que acha do Bitcoin?

Como já falei, não sou nenhum especialista no assunto. O que escrevi aqui no post foi resultado de dois meses de estudos e conversas. Provavelmente você pode ter um opinião diferente ou ter um conhecimento que eu não tenho.

25 Livros que todo Empreendedor deveria ler.

Informe seu e-mail abaixo para receber a lista dos livros que todo Empreendedor deveria ler.

Por isto gostaria que você compartilhasse nos comentários, vai me ajudar e aos próximos leitores.

Se você gostou do conteúdo, compartilhe. Assim vou saber o seu feedback e escreverei mais sobre o assunto.

Confira: 1.001 Ideias Para Startups com Potencial de 1 Bilhão de dólares!

Comentários